quarta-feira, 12 de março de 2014

O Convite
O jogo amistoso que o Goiânia E.C. realizou em Porto Velho, serviu para a comissão técnica observar o zagueiro central Néo, da equipe do Moto Clube, jovem de apenas 19 anos que servira a seleção brasileira de novos.
Os potentes chutes de Néo, nas cobranças de falta, deram muito trabalho ao goleiro Nascimento, que teve de se desdobrar em várias oportunidades para evitar o gol da equipe local.
O Goiânia venceu por 1 a 0 e regressou a Goiás levando na bagagem um novo reforço, aprovado por todos.
Após o jogo, o treinador Aristóbulo Mesquita liberou o elenco alvinegro para uma saída de lazer.
A maioria fez questão de conhecer uma casa noturna, muito bem recomendada pelos jogadores do Moto Clube, cicerones da rapaziada.
O ambiente da casa de luz vermelha era aconchegante. Pista de dança no estilo Travolta, rebaixada em meio a enormes sofás, por onde circulavam elegantes jovens trajadas com moda praia.
Uma enorme matrona checava, nos mínimos detalhes, o atendimento, indicando aos indecisos freqüentadores os pratos mais apetitosos.
A rotineira atividade foi quebrada quando sua atenção foi desviada para o nosso ponta esquerda Tato, muito à vontade entre duas jovens que o cortejavam.
A dona do estabelecimento aproximou-se do caucasiano de olhos claros e lhe fez uma oferta inesperada:
“Quanto o Goiânia te paga, garoto?”
Tato, estupefato, balbuciou algo em resposta.
“Pois bem, eu te pago o dobro, com direito ao cardápio variado, casa, roupa lavada e três refeições diárias para assumir a gerência do estabelecimento.” Resumiu a dona do pedaço.
Tato pensou durante alguns minutos, principalmente nos salários atrasados do Goiânia, na pensão da Judy e no manjado bandejão do almoço de todos os dias.
Contudo, recusou a oferta. Seu amor por uma goiana prevaleceu, para desespero dos colegas de olho na proposta.
Na volta pra casa, a boleirada volta e meia fuzilava com olhos invejosos o “gostosão idiota”.

(Foto: Valdir e Néo do Goiânia e o "juiz" Benedito Gonçalves) Jornal O Correio Braziliense.

7 comentários:

Adalberto Day disse...

Valdir
Grande Néo, chutava forte....e o Tato era aquele do Fluminense? Era bom jogador.
Mais uma bela crônica que já estamos acostumados a esperar toda semana.
Abraços
Adalberto Day cientista social e pesquisador da História

Roberto Vieira disse...

Depois ele se arrependeu?

Valdir Appel disse...

Roberto,
E você tem alguma dúvida?

Antonio Estevan disse...

Valdir,

Interessante que nessas visitas a esses respeitosos hambientes vc sempre aparece como mero "figurante".rsrsrsrsrsrs

Não sabia de MOTO CLUB de Porto Velho, muito menos que a moda praia algum dia esteve por lá.rsrsrsrsrs

Abração.

Saudações vascaínas.

PS: que tal o Viola no Brusque?

Acho que é um "menino" promissor.rsrsrsrrsrsr

PS: esse caucasiano que rejeitou a oferta dessa " Maria Bataclã" de Porto Velho seria chamado aqui no Ceará de ABESTADO!!!!!!!!!!!!

Iata Anderson disse...

AMIGO VALDIR

MUITO BOA HISTORINHA DO FAMOSO CHUTADOR.
CURIOSO A PRESENÇA DO ARISTÓBULO MESQUITA, QUE CONHECI, QUANDO COMECEI A CARREIRA.
ERA UMA ÁGUIA. FOI UM DOS PIONEIROS DA MALA PRETA.
UMA DELAS, FAMOSA PÉLOS CORREDORES DO MARACANÃ, FEDERAÇÃO E FLAMENGO, CAIU DO AVIÃO, EM PLENO VOO.
ACREDITE SE QUISER. DEPOIS O VELHO "ARI" VIROU SUPERVISOR E QUANDO FOI MANDADO EMBORA GANHOU UMA
FORTUNA DO FLAMENGO. INFELIZMENTE NÃO PÔDE USUFRUIR DO DINHEIRO. MAS ENTROU PARA A HISTÓRIA, OU PELO
MENOS PARA AS FÁBULAS.

PARABÉNS.
VEM AÍ O "BLOG DO IATA"
ABRAÇÃO.

Edson Vilas disse...

Valdir, parabéns por teres cido citado junto com teu livro e blog na coluna Intervalo do jornal A Noticia de domingo passado, dia 17. Justo reconhecimento do jornalista de Joinville que está por dentro do que você faz. Parabéns aos dois. Não é facil arrumar espaço na chamada grande imprensa do estado e você conseguiu e por meio da tal nota eu fui conferir seu blog e é muito bom.

Sidney Vilela disse...

Aqui e do Site do Goiâniaec, muito boa crônica, gostaria de postar em nosso site, e se tiver outras histórias do Goiânia Esporte Clube, gostaria de também postar, um abraço.
Sidney Vilela, gerente de MKT.
Contato - swgbmg@hotmail.com ou goianiaec@hotmail.com