segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Eu voltei, agora pra ficar!
Bruscão volta à elite do Catarinense após fazer 4 a 2 no Juventus

Texto de Maurício Haas

Foram 18 jogos de segundona, mas acabou. O Brusque FC voltou à elite do Campeonato Catarinense ontem à tarde depois de vencer o Juventus por 4 a 2 no Estádio Augusto Bauer e, assim como fez o Corinthians neste final de semana, diz que agora é pra ficar.
Ontem, aliás, foi um dia que deu tudo certo para o Brusque FC. O tempo colaborou, ficou nublado, ameaçado sair sol para que as pessoas se encorajassem, vestissem as cores do Brusque FC e fossem ao Gigantinho da Lauro Müller prestigiar este time que havia perdido apenas três jogos em todo campeonato da Divisão Especial. E, se no final choveu toda água do mundo, não tinha mais problema, pois a festa estava armada.
Em um campo muito pesado, o Brusque iniciou a partida com a vontade costumeira deste time. Foi pra cima do Juventus, investindo nas jogadas pelos flancos, principalmente do lado esquerdo. Foi dali que saiu o primeiro gol. Dênio, numa belíssima jogada, avançou sobre o marcador e cruzou para a área. A bola viajou sobre o goleiro, em direção ao segundo pau. Pereira subiu mais alto que o zagueiro e conseguiu o cabeceio. O goleiro ainda tocou na bola, mas ela morreu no fundo gol.
Este resultado aumentava ainda mais a vantagem do Brusque, que poderia inclusive empatar no tempo normal. Margem suficiente para fazer o time diminuir o ritmo e ceder espaços para o Juventus, que começou a chegar, principalmente nas jogadas de Maicon e Bruno Lopes.
Tanto que aos 28 minutos, o meia Vasconcelos cobrou uma falta de longe e empatou a partida em 1 a 1. Ele chutou forte e alto, uma bola cheia de efeito, e acabou surpreendendo Alessandro.
O Bruscão respondeu na hora, no ataque seguinte, com um chute forte e bem colocado de Bitencourt. E, 9 minutos depois de sofrer o empate, saltou na frente no marcador outra vez. Flávio Guilherme tentou dominar a bola dentro da área e ela acabou sobrando para Rodrigo Bagé na risca da grande área. O volante não pensou duas vezes e mandou uma bomba para fazer 2 a 1. "Precisava me redimir do gol contra que fiz lá em Jaraguá. Espero ter contribuído", disse Bagé na saída para o intervalo.
2º tempo
Faltavam 45 minutos para o Brusque erguer a taça "Valdir Appel - Chiquinho" (nome dado em homenagem ao ex-goleiro brusquense que fez sucesso no futebol nacional). O jogo recomeçou e o time de Brusque voltou a ser dono das ações. Aos 13 minutos, quando Flávio Guilherme puxou o contra-ataque, Bitencourt correu pelo meio, livre, esperando o passe do companheiro. Ele recebeu a bola na entrada da área, olhou para o goleiro e mandou o chute certeiro para fazer seu 15º gol no campeonato, confirmar sua marca de artilheiro, correr para o abraço e ouvir a torcida gritar: "é campeãããããão!!!!" com o 3 a 1 no placar.
Daí em diante começou o "baile". Paulinho entrou na vaga de Xavier e João Neto, lateral direito dos juniores, ocupou o lugar de Pereira. Xavier e Pereira passram a noite anterior com problemas estomacais e foram para o jogo no sacrifício, debilitados, não podendo suportar os 90 minutos.
No embalo da torcida, o time cresceu e criou diversas chances de gol, mas não aproveitou nenhuma.
Na pressão, o time chegou ao 4 a 1 numa jogada um tando "bizarra". O defensor do Juventus recuou a bola para o goleiro, mas ela parou no meio do caminho em uma enorme poça d'água. Flávio Guilherme, oportunista, aproveitou e mandou um chute certeiro no canto esquerdo do goleiro. A bola ainda tocou a trave antes de entrar e o atacante correu para a galera fazendo o famoso gesto com os braços de "acabou".
"O meu Bruscão voltou, o meu Bruscão voltou!!!" gritava o torcedor mesmo faltando 15 minutos para o árbitro encerrar a partida. A euforia era tão grande que muitos não perceberam o Juventus descontar em cobrança de falta, aos 42 minutos. A festa estava apenas começando.
Engatada na classificação para a primeira divisão do futebol catarinense, veio a vaga na Copa Santa Catarina que começa no dia 5 de novembro. Nela o Brusque terá uma prévia do Campeonato Catarinense do ano que vem, enfrentando equipes como Marcílio Dias, Joinville, Metropolitano, Chapecoense e Avaí. Nesta jogadores e comissão ganham folga, retomando os trabalhos na semana que vem. Os jogadores, em sua maioria, têm contrato até o final de novembro.
Da esquerda para a direita: Casagrande, presidente Danilo Rezine do Brusque, Delfim Peixoto presidente da FCF, Valdir Appel e Tiago capitão do Brusque F.C
Valdir recebe o troféu que leva o seu nome
e faz a entrega ao capitão Tiago do Brusque F.C


Fotos de Márcio Custódio

8 comentários:

Mau Haas disse...

Brigado pelos créditos Chiquinho...
só há um erro no texto... a data certa de início da Divisão Especial é 5 de NOVEMBRO.... escrevi AGOSTO na matéria....

abraços!!!

Adalberto Day disse...

Parabéns Chiquinho
Bela matéria sobre o Brusque. O Brusque foi maravilhoso no torneio todo. Foi sem duvida o melhro, e volta a primeira divisão com méritos e para orgulho dos Brusquenses. O troféu que o Brusque recebeu com justo nome de Valdir Appel, perpetuará para sempre nos corações dos torcedores da região, inclusive o meu que moro em Blumenau, onde nasci, mas com raizes da Bela Brusque pois meu querido pai nasceu nessa bela terra.
Adalberto Day de Blumenau
www.adalbertoday.blogspot.coacesse o meu blog você irá gostar.

valdir disse...

Mauricio,
Já corrigi a data.
Abraço, Valdir

Anônimo disse...

Parabéns Valdir, isso é que é moral, que bom que o brusque voltou, não foi tão bonito como o timão, mas valeu!!!
Genildo Oliveira/Mossoró Rn

Mauro disse...

Parabens ao Brusque pela volta `a primeira divisao e, principalmente, pela conquista do trofeu, que e' mais um bonito elo unindo o clube e o nosso querido Valdir.

Valdir disse...

Valeu Genildo, Adalberto e Mauro.
Obrigado pelos confetes.
Abração,
Valdir o Chiquinho

valdir disse...

AMIGO VALDIR

PARABÉNS PELA SUBIDA DO BRUSQUE, MEU TIME AÍ EM S. CATARINA, PELA HOMENAGEM COM O TROFÉU RECEBENDO SEU NOME, MERECIDAMENTE. VAMOS VER SE O TIME VEIO MESMO PARA FICAR. ESTAVA VENDO A FOTO DO PRIMEIRO TIME DO VOLTA REDONDA. QUANTOS AMIGOS QUERIDOS. NÃO SABIA QUE NELSINHO FOI O PRIMEIRO TREINADOR DO VOLTAÇO. ESTIVE COM ELE SEMANA PASSADA, AQUI NO MARACANÃ. FRED É MEU AMIGO DE INFÂNCIA, NO LEBLON. MAURINHO, CUICA, MIGUEL BANANA SÃO MEUS AMIGOS DO AMERICA, ONDE COMECEI MINHA CARREIRA DE REPÓRTER, EM 73, E FIZ MINHA PRIMEIRA VIAGEM INTERNACIONAL, PARA A ÁFRICA.
ACELINO É AMIGO DESDE QUANDO JOGOU NO VASCO, ESTOU SEMPRE COM ELE E A FIGURAÇA DO PC ESPANTA NENÉM, CARA BOM, SIMPLES, EDUCADO, MODESTO, MAS JOGAVA UM BOLÃO. SE TIVESSE A CARA DO BECKHAM TERIA IDO PARA A SELEÇÃO. INFELIZMEN-
TE É ASSIM NESTE PAÍS. ENFIM, SEU BLOG SEMPRE DANDO BOAS NOTÍCIAS PARA A GENTE.
GRANDE ABRAÇO
IATA
Valdir,

Parabéns pelo título do Brusque e pela homenagem que a federação catarinense lhe proprocionou.
Celso Pazinato

Valdir,
Pbns pelo retorno do Brusque à 1ª divisão, bem como pela homenagem.

Acho que foi o Pelé que falou uma vez:" se é para ser homenageado, que me façam isso em vida".

Lógico que as homenagens póstumas são válidas, mas as em vida servem pra pessoa refletir algo como "VALEU À PENA".

Que tal a federação de SC render homenagens aos jogadores da terra que se destacaram nacionalmente? Fica a sugestão.

Pbns novamente.

Antº Estevam

Cesar Luis disse...

Valdir estou me deliciando no seu blog. Até que enfim achei! Tem um equívoco no nome do presidente do Brusque. É DANILO REZINE. O Moritz está sempre conosco tomando uma lá no 7 de Ouro.
Um abraço.
César Pires.