quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

"Onde ele pisa não cresce grama, nascem histórias"
Por Hamilton Júnior

ONDE ELE PISA NÃO CRESCE GRAMA, NASCEM HISTÓRIAS

A carreira de Valdir Appel, o goleiro brusquense que rodou o Brasil defendendo a paixão de jogar futebol
Sob o título “Onde ele pisa não cresce grama, nascem histórias”, este vídeo-documentário registra o que o subtítulo revela: a carreira de Valdir Appel, o goleiro brusquense que rodou o Brasil defendendo a paixão de jogar futebol. Trata-se, portanto, de um recorte da vida do goleiro e escritor brusquense Valdir Appel, mais conhecido por Chiquinho, e de sua trajetória como jogador que defendeu as cores de 15 times pelo Brasil. Entre eles o Vasco da Gama, o América e o Volta Redonda, do Rio de Janeiro; o Sport Club do Recife e o América de Natal. A facilidade de escrever e a capacidade de observação, dentro e fora dos gramados, impulsionaram Valdir a lançar dois livros de crônicas esportivas: em 2006, “Na boca do Gol” e, em 2010, “Goleiro Acorrentado”. Essa faceta literária de Valdir também é mostrada no documentário, que se utiliza das técnicas de apuração e pesquisa jornalísticas para reunir depoimentos de familiares, conhecidos, ex-companheiros de time e amigos de sempre, os quais vão ajudando o próprio Valdir a remontar uma biografia que lhe faculta entrada no seleto time dos catarinenses com espaço no futebol nacional.

Nota do blog:
Este é o TCC ( Trabalho de Conclusão de Curso) do jornalista Hamilton Júnior. Formado pela Univali  (Universidade do Vale de Itajaí, SC) em 2010, com a nota máxima.

3 comentários:

Adalberto Day disse...

Valdir
Belo TCC- Hamilton Júnior
Escolher um catarinense e você como citação no trabalho foi muito importante e nos enche de orgulho como catarinense.
E Você CHIQUINHO, não parou na área entre os três paus, mas sim nos oferece hoje seus textos em "Na boca do Gol" que muito contribui para nosso esporte.
Adalberto Day cientista social e pesquisador da história em Blumenau

Roberto Vieira disse...

Mestre! Vale um Oscar!!!!!

Celso Unzelte disse...

Ah, eu sabia que não ia demorar muito... Dá-lhe, Valdir!
Abs.,
Celso