domingo, 4 de janeiro de 2009

Di, o craque.

(Foto: Paysandú, 1961. Aurélio, Di, Valdir Montibeller, Walace, Nego Kühn e Ivo. Nelsinho, Leba, Julinho, Godeberto e Bossinha)

Seu Bruschetta.
O quarto-zagueiro Di foi um dos melhores jogadores que despontaram no cenário catarinense de futebol nos anos 60. Começou no Paysandú de Brusque.
Brilhou no Santos, Grêmio, Atlético Paranaense, Coritiba e outros.
Em sua passagem pelo Grêmio, teve um pouco de dificuldades para ganhar a posição de Ari Hercílio, ídolo da torcida.
O treinador era o Capitão Froner, conhecido pela austeridade.
Di levava sempre aos treinos e jogos o seu filho César de apenas 5 anos.
Certo dia, enquanto Froner fazia uma preleção aos jogadores, César sentou-se entre o pai e o ponta-esquerda Wolmir, um gozador emérito e muito sacana.
Wolmir falou baixinho pro inocente garoto:
-Tá vendo este senhor grandão de bigode? É o nosso técnico. Ele gosta de ser chamado de Bruschetta*. Vai lá e pergunta pra ele por que ele não escala o teu pai.
O garoto levantou-se e aproximou-se do Capitão Froner, puxou-o várias vezes pela camisa e perguntou ingenuamente:
-Seu Bruschetta! Seu Bruschetta! Porque o senhor não bota o meu pai pra jogar?
O treinador perdeu a esportiva:
-Porque o Ari Hercilio é bem melhor do que o teu pai. Poxa!**

*Não é aquela iguaria italiana.
**Levemente modificado.


Foto site Milton Neves: Coritiba - Campeão paranaense de 1975. Jairo, Hermes, Di, Ademir, Victor Hugo e Nilo. Sarti (massagista), Plein, Eli, Maizena, Osmarzinho e Luizinho.
Valdir Bork, o Di, ex-zagueiro, faleceu no dia 9 de abril de 2004 em acidente automobilístico.

2 comentários:

Adalberto Day disse...

Valdir
Realmente o DI foi um grande jogador, não sabia que já é falecido. Tive a oportunidade de ve-lo jogar algumas vezes.Bruschetta Essa do Bruschetta. é sensacional este conto. Parabéns mais uma vez pela bela postagem.
Adalberto Day de Blumenau cientista social e pesquisador da história.

Roberto Vieira disse...

Fantástico Valdir... Curioso, o Ari foi antes do Di. Em 1973, lembra?