terça-feira, 5 de outubro de 2010

Dia de votar

Acordei cedo. Conferi a sessão do meu título na internet. Moro no centro. Pra minha surpresa me transferiram de Colégio. Votava no João 23, e fui parar no Carlos Moritz, ainda mais longe do que o primeiro.
Viajei e cheguei ao bairro Zantão. Estacionei e peguei fila. Ao apresentar o título me informaram que eu estava no lugar errado, na sessão errada. Borrado, o numero 35 parecia um 85.
Perguntei irônico:
- Já errei de endereço, posso errar de candidato, aqui mesmo?
Longa fila da sessão 35 do João 23. Dois garotos à minha frente para justificar o voto. O casal antes deles, bem humorado, contava para um amigo fora da fila:
-Tu visse? Prenderam o Arnaldo, meu primo, ontem.
-Não me diga?
-Tava fazendo a maior baderna no condomínio. Chamaram a polícia que levou o errado.
Na delegacia, alterado, bateu boca, mostrou documentos, disse que era fulano de tal, que tinha pedigree, era formado, e tinha direito a cela especial. O delegado de plantão não se fez de rogado. Pegou um papel em branco, cola e um pincel atômico, e escreveu: CELA ESPECIAL. Colou o papel na grade da cela, e trancafiou o Arnaldo. Saiu ontem da sua cela especial.
Táixxx vendo aqueles dois com camisa do Flamengo? Não devia poder. Tá na cara que vão votar na Dilma. O Povão quer garantir o salario família.
Aproximou-se outro conhecido do casal.
-Rapaz! Ontem levei o maior susto.
-Como assim?
-Seis da matina, tô eu ouvindo a radio Diplomata. O repórter anuncia o óbito de Mario Coelho. Me tremi todo. Será que eu morri e não sei? Rapaz fui até a Capela Mortuária conferir. Mesma idade, mesmo nome. No caixão, o outro eu. Felizmente! Votei e voltei pra casa meditando. Alguém me aconselhou a transferir a sessão 35, para outra próxima da minha casa. Tá louco. Nem pensar. Ganhei o dia.

(3 de out 2010)

Foto: blog da Regina

5 comentários:

Regina Carvalho disse...

A foto pesquei no google images, ditigando : fila de votação. Gostássi?
bj

Adalberto Day disse...

Valdir
Mais um belo texto. O morto que não morreu?...boa essa. Na verdade morreu outro..boa. Na fila de qualquer coisa, se houve coisa do arco da velha.
Adalberto Day cientista social em Blumenau

Í.ta** disse...

graaande valdir!

já li lá no blog da regininha.

que maravilha de registro!

venha ao um-sentir e veja meus "candidatos", rs.

grande abraço!

Mau Haas disse...

Boooooa, Chiquinho. Me matei de rir. Muito legal o texto.

Roberto Vieira disse...

Espetacular... a bola procura os craques!