sexta-feira, 12 de outubro de 2012


Torcedor símbolo/olhos de emoção

Uma particularidade chama a atenção do torcedor que vai ao estádio do Atlético Paranaense, a Arena da Baixada, pela primeira vez: é impossível assistir o jogo sentado. A torcida do Furacão simplesmente passa os noventa minutos e acréscimos em pé, braços erguidos, lançando vibrações positivas e os gritos de guerra “Atlético até a morte” e “Não é mole não, nem o Diabo ganha aqui no Caldeirão” para incentivar o seu time.
Conheci a Arena da Baixada no ano passado. Enquanto aguardava o início da partida do time da casa contra o Volta Redonda, acompanhei a subida pelos degraus de acesso às cadeiras especiais de um senhor acompanhado de um jovem rapaz. Sentaram-se à minha frente.
Quando o jogo iniciou, percebi que somente ele continuava sentado com o radinho colado ao ouvido. De vez em quando puxava o braço do mais novo que se debruçava para ouvi-lo. Fazia comentários sobre a atuação do time: apontava falha no sistema tático do Givanildo – que na época era o treinador - reclamava da concentração das jogadas pelo meio de campo e da inoperância dos atacantes que não conseguiam furar a retranca do Voltaço.
Vibrava com uma boa jogada, se irritava com um passe errado. Desesperava-se com o passar do tempo e o inevitável 0x0. Desligou o rádio e calou a voz do narrador. A torcida emudeceu também. Perdeu, assim, a visão do espetáculo, mas guardou no coração as cores rubro-negras.
O cego apoiou-se novamente no braço do jovem que o conduziu no lento retorno pra casa.

Foto: Arena da Baixada. Fonte www.skyscrapercity.com

5 comentários:

Adalberto Day disse...

Valdir
Realmente a torcida do Atletico PR é maravilhosa. O estádio quando estiver concluído será senacional, maravilhoso.
Adalberto Day de Blumenau

Mauro disse...

Resta saber se a inauguracao do estadio do Atletico PR sera' na serie A ou B.

Aniversario do saudoso Ademir em 8/11: Bem lembrado, Valdir! Por tudo que ele realizou como jogador do Vasco e da Selecao, mereceu plenamente o status de grande idolo vascaino, sem nunca desmerecer o clube ou sua torcida com declaracoes infelizes.

Antonio disse...

Prezados,

No blog do Valdir, um interessante episódio que ele viu recentemente.

Merece ser lido.

Quem gosta mesmo de futebol vai entender a paixão por um time que ele presenciou.

Antº Estevam
por e-mail

Dilton disse...

Caro Xico

Hoje, naveguei bastante tempo pelo seu blog e voltei ao passado com as fotos maravilhosas lá inseridas.
Abraços
Dilton
por e-mail

Jorge Ramiro disse...

Estou muito feliz de jogar a Copa do Mundo. Um amigo que tem restaurantes em higienópolis me dito que vai ser muito bom para a economia.