terça-feira, 17 de setembro de 2013

Há 44 anos.A nave Apollo 11 desceu na Lua. O Boeing 747 e o Concorde realizaram seus primeiros vôos.
Nasceram os jogadores de futebol Viola, Batistuta, Oliver Kahn e Asprilla, o piloto Michael Schumacher e a tenista Steffi Graff.
Morreram Cacilda Becker, Ataulfo Alves e o presidente Costa e Silva.
Casaram-se John Lennon e Yoko Onno.
As eleições brasileiras foram suspensas.
O estádio Beira Rio foi inaugurado.
Surgiram O Pasquim, a Embrafilme e a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos. Teve início o Festival de Woodstock e o Jornal Nacional, telejornal da Rede Globo.
O goleiro Valdir, do Vasco da Gama, fez um gol contra no Maracanã, e Pelé – dia 19 de novembro – marcou seu milésimo gol.
Na política, nos esportes, na música, no cinema, na imprensa, no espaço, nada foi igual a 1969.
Viola ainda resiste em campo. Ontem fez dois gols em jogo beneficente em SP.
O Jornal Nacional se mantém líder de audiência.
O Pasquim morreu.
Pelé lançou seu filme definitivo.
O goleiro Andrada, que tomou o milésimo gol, está aposentado.
Porém, até hoje, Valdir ainda tem que explicar como é que conseguiu fazer aquele gol contra.

4 comentários:

Adalberto Day disse...

Valdir
Sensacional!!!! Relembrar aquele ano fantástico de 1969, quem nasceu, quem morreu, o homem na Lua, o milésimo gol de Pelé no Andrada. História que vivenciamos na época, sensacional você nos brinda com este grande espetáculo. Como seria interessante e importante se você tivesse jogado aquele jogo e se tornado o arqueiro do rei...isso é história porém o Andrada amarelou mais jogou...e pegou tudo....quase estragou a festa.
Valeu quase arqueiro do Rei Pelé.
Adalberto Day de Blumenau

Anônimo disse...

Amigo Valdir.
Na façanha dos 1000 gols do negão não devemos nos esquecer do nosso amigo "Fernando".
Aquele que causou o lance do pênalti que não existiu e só o Árbitro viu.
Esse juiz ficou para a história.
Era o que ele queria.
Valeu Amigo.
Waldevir Bernardo

Anônimo disse...

Belo texto Valdir, agora se nao fosse o teu gol contra Valdir, talves voce nem se tornasse a pessoa reconhecida que é hoje, e como li no teu livro, Pelé precisou fazer 1000 para ficar famoso, o Valdir precisou apenas de um. voce é o nosso grande Goleiro Valdir, carater voce tem, coisa que falta no futebol atual...
Genildo Oliveira/Mossoró Rn

Cesar Luis disse...

Pois é Valdir, ossos do ofício aquele gol. Ainda bem que foi filmado pois nasci em 1970. hehehehe.